ALFABETIZAÇÃO E CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA

Ementa

Aquisição significativa das bases da alfabetização e processo ensino-aprendizagem; Percepção auditiva; Estimulação do Processamento Auditivo e suas etapas; Relevância da Consciência Fonológica na sala de aula e sua utilização prática. Estímulos das habilidades na promoção da aprendizagem. Dia do curso: domingo.

Objetivo do Curso

1. Conhecer o processo histórico das concepções sobre alfabetização;
2. Compreender as concepções da neurociência com respeito à aprendizagem;
3. Relacionar aprendizagem x relacionamento –afetividade-;
4. Promover a compreensão dos diferentes canais da aprendizagem;
5. Identificar os elementos responsáveis pelo desenvolvimento das habilidades auditivas e estruturas fonoarticulatórias;
6. Reconhecer os sinais que interferem no processo do aprender e as intervenções necessárias a cada um deles;
7. Compreender que há significado nos diferentes níveis e produções escritas dos alunos que ainda não sabem a escrita formal
8. Utilizar o lúdico como estímulo sensorial no processo ensino-aprendizagem;
9. Familiarizar-se com os níveis de consciência fonológica e sua relação na aprendizagem;
10. Discutir as possibilidades de recuo ou intervenção do professor nas ações pedagógicas;
11. Compreender a importância das “rodas de conversas” entre pares;
12. Usar a tecnologia na alfabetização despertando o nativo digital;
13. Ensinar que o discente é a imagem do Criador e, desta forma, deve ser levado ao aprendizado através das letras sagradas;
Alfabetizar para o mundo letrado com a linguagem “do céu”;

Conteúdo Programático

1. NEUROCIÊNCIA E APRENDIZAGEM
• Introdução a neurociência da aprendizagem
• Como se desenvolve o cérebro humano
• Aspectos cognitivos/comportamental

2. CONCEPÇÕES SOBRE ALFABETIZAÇÃO;
• Processo do Aprender;
• A importância da Afetividade na Educação;
• Estímulos sensoriais como canais de aprendizagem;

3. CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA: ETAPAS
• Estimulação cerebral em cada etapa–como acontece-;
• Conhecimentos básicos sobre Neuroplasticidade;
• Habilidades auditivas e estruturas fonoarticulatórias;

4. SINAIS QUE INTERFEREM NO PROCESSO DO APRENDER E AS INTERVENÇÕES NECESSÁRIAS;
• Reconhecimento dos significados nos níveis da escrita;
• O lúdico como estímulo sensorial;
• A teoria que redefine o que é ser inteligente
• Como descobrir sua inteligência;

5. O PAPEL INTERVENTIVO DO PROFESSOR;
• O uso dos recursos tecnológicos na alfabetização;
• “Rodas de conversas” entre pares;
• A leitura o Amor de Deus na natureza e nas letras sagradas: Provérbios, 9.10, 15:33, 1.7, 2:6, 4:7, 23:23, 9:16, 8:11, 7:11. Eclesiastes 7:12 Jó 12:13, Colossenses 2:3
• A linguagem “ do céu” no processo da alfabetização